quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Olha aqui, preste atenção, esta é a nossa canção

Oi, leitor.
Eu, de verdade, tenho muito o que escrever.
Acontece que mesmo sendo ansiosa,não vou escrever esse muito em um texto só.
Acontece que eu não estou com tempo pra escrever esse muito em vários textos.
Vinicius de Moraes dizia que "a vida é a arte do encontro, / embora haja tanto desencontro pela vida". Ainda bem que existem os reencontros também...
Eu estou feliz, sabe? Eu não sei ser feliz todo dia. Não acredito em gente que é feliz todo dia - deve ser bem chato. Pra continuar citando Vinicius, "é melhor ser alegre que ser triste / Alegria é a melhor coisa que existe / É assim como a luz no coração / Mas pra fazer um samba com beleza / É preciso um bocado de tristeza / É preciso um bocado de tristeza / Senão, não se faz um samba não". Mas estou feliz agora. Uma felicidade boa, tranquila, morna. Uma felicidade balzaquiana - mesmo que eu não tenha 30 anos.
Eu tenho uma lista de temas pra escrever, farei isso final de semana,Enquanto isso, programei meus dias da semana para escrever e ler, tres eu leio e dois escrevo, é dificil viver sem poesia" Dá tambem pro pessoal ir lendo oque tem aí...
Ah, meus arquivos não são tão ruins assim, vai... Pense pelo lado positivo: depois dessa enxurrada de posts antigos, meus arquivos estão se esgotando. Sinal de renovação.(estou um pouco triste por nao poder ir no show da dolores do cranberries, responsavel pela minha trilha sonora de amor...)
Leitor, era bem isso.
Eu vou sentir saudade do tempo que eu podia escrever todo o dia - na minha próxima vida tenho que vir em um lugar que não exista a palavra saudade e no lugar muito papel e caneta bic. Esse blog aqui, eu já disse: é um lugar onde venho todos os dias encontrar os dias que passaram e cada um de vocês. Mas acontece que tem outros lugares,tem outro trabalho, tem outras pessoas, etc. e tal...
Um beijo grande. Nada de tciume, hein?

PS - Estou escrevendo e ouvindo Fotografia, do Tom Jobim, e pensando que eu queria estar com você igualzinho à letra... "Eu, você, nós dois / Sozinhos neste bar à meia-luz / E uma grande lua saiu do mar / Parece que este bar / Já vai fechar / E há sempre uma canção para contar / Aquela velha história de um desejo / Que todas as canções têm pra contar / E veio aquele beijo"...

No mais, continuo com a mesma ansiedade, com o mesmo palavreado com o mesmo coração e apaixonada pelo mesmo homem...
Com as mesmas amigas,o mesmo cabelo preto e o mesmo cd do beach boys pra acordar feliz!
Se sentirem muito mas muito a minha falta, me escrevam, mandem email, orkut, todos seus artificios...

Tem outra, prometi que vou cumprir minha missao de melhor amiga e dormir cada dia na casa de uma das minhas melhores amigas durante a semana, segunda a Janaina, terça Vanessa, quarta e quinta dia da Lu e da adri vou escrever pra elas , a Adri inclusive minha leitora mais assidua e incentivadora desde o primeiro bilhete amassado que escrevi pra ela...
Vou na Barbara tambeme pretendo ver a cassi... A vandinha tbm, vou me virar em dez né!

E pra termianr com um trechinho da minha favorita do Charlie Brown

"O amor, é assim... È a paz de Deus em sua casa...."


If u live now, and take away the best part of us...
uuuuuhhhhh no baby please dont go...
Ocorreu um erro neste gadget