terça-feira, 1 de março de 2011

Alô, Alô Marciano...

Não, não tenho nenhuma tragédia cotidiana para compartilhar com voces amores, nenhuma dor de cotovelo aguda, nenhum fora, nenhum pé na bunda, nenhum.



Prometo que apartir de hoje voltarei escrever aqui, minhas amigas, amigos, inimigos, simpatizantes e afins tem sentido a minha falta e pasmem, recebi emails perguntando por que eu parei e por isso to aqui.


Não vou falar da falta de tempo, porque isso não existe, é uma mentira esfarrapada que os humanos inventaram pra maquiar a preguiça, ou qualquer outra coisa que seja .


Como diria Scliar:


Pessoas inteiramente felizes não escrevem. Escrever é algo que resulta de algum grau de mal-estar psicológico, de algum grau de neurose.


Pois é José, antes que eu perca o fio da meada, sempre admirei josé's não é mesmo?


Meu pai foi o que eu mais amei, e casei com um José gente!


Voces sabiam né, tá, eu sei, melaçao not.


E voces minhas amigas como estão?


Algumas casaram também, umas estão perdidamente apaixonadas e outras ainda continuam comendo na mão daquele filho da puta que não dá valor, to certa?


Mas seguinte pessoal, uma dica, curtam a vida, aproveitem , beijem na boca, dancem muito e continuem todos vivendo e respirando, respirando e vivendo e vivas !


Eu beijei muito, e beijo muuuito ainda, e vou contar pra vocês que não sinto muito a falta da minha vidinha de solteira nos camarotes das baladinhas com as sub celebridades.


Tem balada aqui em casa, ô se tem, mas, me contem como vão vocês?






Se eu to apaixonada?


Eu sou apaixonada! Apaixonada pela vida, por cada descoberta, por cada novidade...


Gosto do novo. Gosto de descobrir, me descobrir a cada instante, perceber que posso mais a cada dia, me surpreender com os mais diversos sentimentos! Sim eu sou apaixonada!






Sabe o problema de hoje em dia é que, por exemplo, a mulher olha pro homem e quer dar... E “DÁ”!!!!


O homem, por sua vez olha pra mulher e quer comer... ”E COME”!


Cara, cadê a graça disso?


E a conquista? E o detalhe? E a emoção?






Ah... Eu gosto de sentir, gosto de cada sensação, de cada permissão...






É mais ou menos assim:






Primeiro vem o olhar, a gente se olha e finge que não olha... Disfarça e tenta entender...


Depois a gente olha e deixa claro que olha... É curioso, quer desvendar...


Aí a gente ouve, escuta a voz, o tom, a intensidade... Gosta de ouvir.


Depois do olhar ao ouvido, quer sentir mais, o cheiro, chega mais perto pra sentir, rapidinho se afasta pra não abusar...


Espera a permissão pra tocar, devagar, sem pressa... Pele, pêlos, toque, arrepios...


Cada descoberta é tão boa, tão gostosa...


Tudo isso também me atrai.


Mas gente, mulheres, valorizem se!


Tudo que é de graça é podre ou ardido segundo a mãe de uma amiga minha...






E aí depois... Ahhh depois se joga, pode dar, pode comer, a questão é não pular etapas que são tão importantes, tão gostosas e que nos fazem sentir e desejar mais e mais! Esse negócio de ir direto ao ponto é bom, mas só de vez em quando!!

Um comentário:

Miika disse...

Gostei do blog, gostei do modo como escreve. Já estou seguindo...


Se gostar de moda, acesse: blogdamiika.blogspot.com

Ocorreu um erro neste gadget